Família relata o cotidiano em Macau após descoberta do Corona Vírus

Relato de 11.02 – Em 23 de janeiro Macau noticiou o primeiro caso do Corona Vírus ocorrido em um turista de Wuhan que já foi curado e saiu do hospital. Entretanto, a partir desse dia as notícias a esse respeito não pararam mais. Todas as comemorações de ano novo foram canceladas e ficou proibida qualquer aglomeração de pessoas.

Em 4 de fevereiro o governador de Macau anunciou como medida preventiva o fechamento dos cassinos, repartições públicas e bancos. Avisos oficiais sobre o uso da máscara e a permanência em casa são constantes. Mas, na cultura aqui é muito difícil ficar em casa. O costume é estar nas ruas para se comer em restaurantes e conviver com os amigos.

Muitos não cozinham em casa. No supermercado o que mais se compram são produtos instantâneos, principalmente macarrão. Foi preciso o governo circular com carro e alto falante avisando o povo para ir para casa. Também colocaram um sinal sonoro que está sendo usado até hoje.

Infelizmente é verdade que ninguém pode espirrar ou tossir em público! Um homem foi preso quando cuspiu no chão! Muitos lugares só podem entrar após passar pelo detector de febre.

Em casa procuramos seguir as instruções oficiais. Saímos somente para comprar alimentos. As crianças estão tendo aulas online através de plataformas como Google, E-class e Canvas. Estamos ficando ‘expert’ em assuntos e usos online de plataformas de educação! Já estamos adaptados para essa rotina que requer disciplina para cumprir com as atividades e horários de entrega das tarefas.

No nosso círculo de amigos não tivemos nenhum que contraiu ou ficou sob suspeita do Corona Vírus. Uma amiga que estuda em Taiwan voltou para lá antes do país proibir os voos para Macau e Hong Kong, porém, cerca de 900 estudantes daqui ainda não podem retornar aos estudos em Taiwan até essa situação terminar. Hoje, Macau está praticamente isolada, sem aviões, barcos ou ônibus que adentrem o país.

Ainda não se tem previsão de quando o Corona Vírus vai estar no seu pico, muitas pessoas estão sendo contaminadas e Macau é considerado um lugar de alto risco.

Nosso contato com nossos amigos tem sido mantido através de grupos de WeChat, WhatsApp, Facebook e telefone. Contudo nosso coração está em paz.

Relato de 17.03 – A vida aqui já está voltando ao normal. Continuamos o uso de máscaras na rua e usando álcool em gel quando chegamos em casa. A população já está saindo de suas casas. As aulas das crianças retornam a partir do dia 20 deste mês e das faculdades a partir de abril. Os restaurantes e comércio estão voltando a ser frequentados.

É só ter paciência que vai passar. Enquanto isso, é um momento oportuno para se passar em família e buscar a Deus.

Agradecemos as orações e contribuições.

“Muitas são, Senhor meu Deus, as maravilhas que tens operado para conosco, e os teus pensamentos não se podem contar diante de ti; se eu os quisera anunciar, e deles falar, são mais do que se podem contar”. (Salmos 40.5)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *